quarta-feira, 11 de abril de 2012

EVIDÊNCIA




Sabia que entre nós
não existiria futuro
mas deixei-te
presente.

Agora passado...
Sei que era a ti que procuravas.


Ana Casanova

Retrato - técnica mista aguarela e acrílico de meu filho César Casanova Sousa


7 comentários:

Marcia disse...

Perfeito minha amiga,imagem lindissimo!

mundo da lua disse...

Bom dia.
Belas palavras
Associadas a uma imagem perfeita
Às vezes temos o que queremos nas mãos e deixamos cair.

OceanoAzul.Sonhos disse...

Lindissimo poema, nostalgico, para uma tela excelente!

beijinhos
cvb

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Anne Lieri disse...

Ana,quantas poesias lindas em seu blog!Gostei muito,parabéns!Bjs e boa semana!

Táxi Pluvioso disse...

Por deformação temporal, todos os poemas que leio, (até Pessoa que ando a reler), parecem-me que falam do fiscal das finanças. boa semana

Nilson Barcelli disse...

Tu nunca foges...
Gostei muito do jogo de palavras que fizeste com futuro, presente e passado.

O teu filhote pinta que se farta. A tela é linda e revela uma técnica bastante apurada.
Beijos, querida amiga.