quinta-feira, 20 de maio de 2010

Palavras interrompidas




Foste fonte de inspiração
em acordes tão vibrantes!
Eu, a tua poesia viva
palavras desafiantes
em jeito de desgarrada.
Fui guitarra dedilhada...
Até, que partiste um dia
assim, sem esperar, sem nada
As cordas que nos uniam
acabaram assim partidas
e perdeu-se a melodia
nas palavras interrompidas!


Ana Casanova

9 comentários:

[ rod ] ® disse...

As impressões sempre deixam suas marcas e o partir 'sem sentido' dói tanto quanto a explicação óbvia.

Um bj moça querida!

Sonhadora disse...

Minha querida
Que belo momento de poesia, adorei.

As cordas que nos uniam
acabaram assim partidas
e perdeu-se a melodia
nas palavras interrompidas!


Sinto isso também

Beijinhos com carinho
Sonhadora

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo! Marcas quais as que ficam na areia. O vento as leva. O Amor fica. Sempre.
Mais um beijo, querida?

Mais um beijo, querida,
Mais um olhar
Só isso, querida,
É até mais ver
Para o nosso amor é tamanho pesar
E tamanho prazer
Que irei mantê-lo qual tesouro até morrer

Então, por ora, querida,
Até mais ver, minha linda,
Mas te juro que não é adeus,
Pois com o tempo podemos ter uma gloriosa
A nossa gloriosa história de amor para contar

Assim como a cada outono
As folhas caem das árvores,
Tombam no chão e morrem,
E na primavera
Como doces memórias
Retornam, eu retornarei

Como o sol, querida,
Sobe alto
Nós voltaremos, querida,
Para o céu
E baniremos a dor e o lamento
Até amanhã,
Até mais ver.

Vangelis.
Trad. da Renata.

Até ++++ Ana******************

tossan disse...

Olá Ana, tudo bem? Espero que sim.
Gostei muito da poesia é linda. Beijo

Humana disse...

Querido Tossan, eu estou bem.
Sabes que há momentos em que certos acontecimentos nos fazem reviver coisas do passado e mexem connosco... As memórias ficam e fazem parte da nossa história e trajectória de vida.
Um beijo com carinho.

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Ana..já li que stas bem, é apenas uma forma de expressar momnetos já vividos..acho que é isso..rss
Ainda tem bolo por lá...
Um abraço na alma amiga...
Bom domingo...bjo...te cuida..

Luis F disse...

As voltas que a vida dá... e voltámo-nos a encontrar :)

Agradeço a tua amizade e com carinho venho manifestar todo o apreço pelas tuas palavras e poesia.

Bj
Luis

netuno artes disse...

Oi Ana,
gostei muito da poesia, diz muito,
como todas.
todos os momentos nos cativam em nossas vidas, vidas que são verdadeiros quebra cabeças , momentos em que se encaixam, outros não.
tua ionspiração sempre viva e criativa,

ps.: espero que estejas bem , com os teus familiares e com voce mesma,
bjs netunianos

ps.: não disponho de tempo algum, nem mesmo meu blog consigo tempo de fazer algo . . .

Táxi Pluvioso disse...

Por isso é que é preferível a bateria... não há cordas partidas.