quarta-feira, 11 de março de 2009

Meu filho!

Amorzinho, escrevo uma carta pra ti sabendo que não a podes ler, mas também não quereria que lesses.
A vida já é suficientemente dificil para ti e eu não quero que vejas esta mãe chorona e deprimida.Quero que continues sempre a ver a mãmã que te sorri, te enche de beijos e mimos e que é tua camarada nas guerras dos jogos da playstation.Tenho consciência que aí sou má companheira não é?Não respondo às tuas instruções, volto sempre para o lado errado, disparo contra as pernas dos companheiros em vez de atingir o inimigo...e eu que dizia que não tinha jeito para meninos e por isso queria ter uma menina!Tenho jeito sim!
Tenho dois meninos que amo acima de tudo na vida e sou uma mãe tão orgulhosa!
Tu és o meu super-herói e eu sou a tua princesa, como me chamas enlevado enquanto me vês arranjar, o que adoras.
Sinto-me triste porque foi com tanto orgulho que escreveste frases num papel e me pediste pra ler e o que estava escrito não tinha qualquer sentido!Eram letras apenas.
Foi com um nó na garganta que te disse que ainda não formavam palavras..ainda, porque vamos continuar a lutar e vamos chegar lá!
Estás quase a fazer nove anos e eu só quero que não sofras meu querido filho.Dói-me porque tu tens consciência do problema que tens e não falas dele.
Aliás, falaste numa situação limite de raiva em que me perguntaste:Mãe, se tomo o meu medicamento todos os dias pra conseguir aprender, porque não consigo?
As lágrimas saltaram-me dos olhos e escondi-me mas consegui segurar a voz que saiu tranquila e segura:Vais conseguir meu filho!
Sinto-te tranquilo e confiante e mais importante do que o que a mãe sente, é a tua felicidade e segurança.
Sei que sou o teu fio condutor e não posso nem vou perder o norte!
"
Ana Casanova
"
O Gonçalo é hiperactivo com défice de atenção e este ano lectivo teve que aumentar a dose de Ritalina, o estimulante cerebral que toma, porque está a surtir efeitos.Está mais maduro, tem uma enorme vontade de aprender e já consegue identificar letras e numeros sem ter que se fazer associações de ideias.Para facilitar eu dizia que o numero dois era o patinho o quatro a cadeirinha e já nada disso é necessário.Quanto à dislexia, contina a fazer algumas trocas como abrir e fechar, descer e subir, pôr e tirar mas com melhorias substanciais.

19 comentários:

tossan disse...

Bela homenagem na verdade acredito que o maior amor que se pode sentir nesta vida está nesta dimensão...filhos.
Tem uma música que retrata isto fielmente de Paulinho Moska, "Não deveria se chamar amor"... porque é muito mais que amor. A tua devoção é magnífica e emociona, és uma grande mulher! Beijos de admiração

Carlos Manuel Pereira Rodrigues disse...

Uma bonita forma de amar!!

Branca disse...

Ele vai conseguir sim...no tempo dele, no ritmo dele e a Ritalina é o que há de melhor pra esses quadros de TDAH, pode ficar tranquila quanto a isso... agora, dê muita atenção ao lado social dele, a auto estima fica abalada, porque melhor que ninguém ele percebe suas dificuldades e com isso acaba se afastando das pessoas; é mais importante cuidar desse lado do que do déficit de atenção e vc colocou muito bem - é o fio condutor dele - tem que ser forte pra ele ficar forte, tem que estar bem pra ele ficar bem, tem que ficar feliz pra ele ficar feliz...acredite e confie Ana, tudo se ajeita nessa vida, é só não perdemos a fé.


Boa semana pra vc,
bjos!

Léo Mandoki, Jr. disse...

...depois que a minha filha nasceu, eu tornei-me outro...algo de substancial se modificou dentro de mim..algo que nunca senti por nenhuma outra pessoa. Por isso, consigo tentar imaginar a tua dor, os medos, as tristezas momentaneas, as preocupações...mas lendo a tua carta deu para ver que tu és uma mãe com M maiúsculo. E isso é mais do que meio caminho andado para a saude e a felicidade do teu filho. Tenho a certeza de que tudo vai correr bem. Um grande beijo e abraço amigo. És sempre um doce.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Não tenho filhos, mas este belíssimo post fez-me sentir um arrepio percorrer a espinha. Lindo, lindo,lindo!

Nuno Medon disse...

Olá! Em primeiro lugar, quero agradecer o seu comentário. Deixei resposta por baixo do comentário. Lamento o problema do seu filho, mas tenho a certeza que ele é feliz, á sua maneira e tendo a companhia, o carinho e amor dos Pais e das pessoas que gostam dele ( Muitos Pais marginalizam os filhos com certos problemas ). Ele se lesse esta carta, tenho a certeza que iria ficar muito emocionado! É uma bela prenda. Beijos e força para si! E que o seu filho melhore bastante.

JC disse...

Foi a primeira vez que vim ao teu blog. Acho que tive sorte. Li o texto que escreveste para o teu filho e nele tens contidaa mais bela homenagem que uma mãe pode fazer a um filho.
O que não fazmos por eles?
Muita força e vais ver que ele com a tua ajuda vai conseguir vencer.
Vai ser um heroi. E tua hás-de sentir-te a melhor mãe do mundo.
Volatrei.
Beijinhos

Fragmentos Betty Martins disse...

.________querida Ana



é a primeira vez que venho ao seu "espaço"


muito me comoveu______pelas suas palavras


.pela dor

_________e pela força



mulher-mãe_____princesa do seu menino





_______///






beijO_____ternO

Sonhos e Devaneios disse...

Minha querida que maravilhosa declaração de amor que fizeste e que provação para voce esta...amar seu filho e o melhor remedio..no tempo dele tudo se ajeitara
beijos joao

Texto-Al disse...

um post mt sentido. espero que tudo corra bem.

bj

T.

mundo azul disse...

__________________________________


O Gonçalo é um menino feliz! Ter uma mãe com esse amor e ternura, é um grande motivo de sentir-se acolhido, aconchegado...Isso, é o que mais uma criança precisa!

Aprender? Ele aprenderá sim, no tempo dele...Nada é tão urgente nessa vida, para nos tirar o prazer de vive-la em goles curtos e bem saboreados...

Os seus sentimentos externados nesse texto de emoção e carinho...

Beijos de luz e um dia feliz, amiga!!!

________________________________

netuno artes disse...

É de tocar ver a tua força e determinação, não podes nunca desanimar, nós pais temos sempre que buscar forças sem saber de onde tirá-las.
É evidente que minha experiência de vida não significa nada, pois não passo por problemas semelhantes aos teus, mas entendo, e não tem como não sofrer também, pois pais vendo a tristeza de outros pais tambm sofrem.
És uma guerreira, continue assim, bjs

Nuno G. disse...

Ana,

fiquei deveras sensibilizado com a tua visita. Tenho acompanhado o teu blog "clandestinamente" mas agora sabes que existo...
parabéns pelos textos publicados e fundamentalmente pela coragem que tens e que sei que te fará vencer...
beijo, sentido!

paulotpires disse...

Ana,
Sem palavras para descrever o que me fizeste sentir, deixo-te aqui um beijo grande...
ptp

João Reis disse...

Ana, já vim aqui umas quantas vezes e não sei o que escrever. E, vou continuar por não saber. Mas duas coisas não queria deixar de dizer: Deus é grande. E tu Ana, és uma grande, grande mulher.
Bjinhos

Vladir Duarte disse...

Quem encheu os olhos d'água foi eu, lendo seu texto. Que lindo amor que você tem por seu filho! A vida é tão misteriosa e Deus, tão maravilhoso, que vez em quando, coloca pessoas especiais na vida de outras pessoas ainda mais especiais. Seu filho nasceu da mãe certa, não poderia estar sob os cuidade de ninguém mais amável e atenciosa. E sei disso apenas pelo que acabei de ler e, repito, me emocionou muito.

Parabéns!

Táxi Pluvioso disse...

*força*

Desarranjo Sintético disse...

Não se deprima Ana, pelo que li é mais do que emocionante, foi uma lição de vida, de fé e esperança e tenho certeza que você está fazendo seu melhor e por causa disso, apesar de toda e qualquer necessidade ele vai conseguir!!

Um grande abraço!

Fábio.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,