sábado, 10 de abril de 2010

"Ensinar a sério...brincando"



Como sempre, venho dar-vos notícias dos progressos do Gonçalo.
As aulas começam já na segunda-feira e vamos entrar no terceiro período.

O Gonçalo é um aluno que pelas necessidades educativas especiais de carácter permanente, tem um currículo específico individual.
A boa nova é que na língua portuguesa, já consegue, com ajuda, juntar letras e ditongos e retém a informação de forma mais firme e apesar de com muita ajuda, já vai lendo pequenos textos de três a quatro linhas. Já compreende com maior clareza textos que lhe são lidos e reproduz por suas palavras a síntese dos mesmos. Comunica com maior clareza e motivação notando-se também uma evolução no raciocínio prático e nos parâmetros psico-emocionais, na tolerância à frustração e diminuição de indicadores de ansiedade.
Desenvolveu o sentido de humor e apresenta-se mais alegre e com olhar mais expressivo que no ano anterior.

Em conclusão e salientando que a aprendizagem dele como aluno tem um carácter funcional, a evolução é constante, crescente e significativa segundo os professores, quer do ensino curricular como também dos professores de educação especial e terapia da fala.
Como sabem, eu quero muito que o Gonçalo consiga ler o que nos vai deixar extremamente felizes. Ele adora livros e jogos e conta constantemente com a minha ajuda o que em determinados momentos não é possível.
Ao contrário do que estava pensado e a minha será a palavra final, talvez seja mais positivo que permaneça nesta escola por mais um ano, tendo como objectivo que sejam atingidos os tais níveis mínimos que se pretendem e sempre pensando só e apenas nos seus benefícios e bem estar como aluno.

Como não páro nunca de pesquisar tudo o que diz respeito à hiperactividade com défice de atenção, dislexia e disortografia e como graças a Deus todos os que nos são próximos também se encontram sempre atentos, tive acesso a uma brochura que falava num novo método de aprendizagem chamado de Método Fonomímico elaborado pela Drª Paula Teles e que se dedica à avaliação e reeducação de crianças e jovens com perturbações da Linguagem, da Leitura e da Escrita, Dislexia, Défice de Atenção, Pertubações do Espectro Autista e outras perturbações do desenvolvimento. Segundo várias opiniões que observei de Neurologistas Pediátricos e Psicólogos educacionais este método é eficaz e permite uma descodificação rápida e automática das palavras escritas, ensinando competências básicas de uma maneira alegre, com materiais que "ensinam a sério...brincando...", segundo o Prof. Pedro Cabral, Neurologista pediátrico.
Claro que comprei já o primeiro livro que levarei aos professores na segunda-feira pois tudo faço para que o Gonçalo se sinta motivado e confiante.
Estava um pouco apreensiva com a festa de finalistas porque não quero que ele se sinta de forma nenhuma posto de parte mas a Professora disse-me que ele terá o seu próprio Diploma e festejará juntamente com os colegas que irão partir para outros desafios. Ele ficará em principio, porque penso que precisa de crescer em termos de maturidade e para o ano estará mais preparado para enfrentar outros desafios.
A nossa luta continua e penso que estas nossas vitórias servem de incentivo a outros pais, com filhos com as mesmas necessidades e que travam as mesmas lutas e também de sensibilização a quem delas não necessita mas pode ajudar dando apoio e motivando sem excluir quem segue um caminho diferente de acordo com a sua natureza.

Ana Casanova

10 comentários:

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Ana, gostei do que li, senti que a força está dentro de ti e que ela é necessária para manter-se sempre atenta as novidades quanto aos progressos que a ci~encia apresenta para casos como o de seu filho. Bacana esta atitude de pensar no todo, de se preocupar com quem também passa pelos mesmos desafios...
Esse enfrentamneto Ana é que faz a diferença diante os reveses que a vida nos concede. a forma como vai encará-los é que vai fazer a diferença no resultado final...este é o caminho...
E fico feliz por v~e-la sempre confiante, cabeça erguida, se cair, levante...sempre..sempre...
Um abraço na alma....e um beijo amigo

AFRICA EM POESIA disse...

ANA

poema lindo mas realmente com uma ponta de nostalgia nada que preocupe mas ás vezes acontece nostalgia...
Um beijinho grande e volta sempre...


Li atentamente os progressos do teu menino e sei como é bom sentirmos esses progressos pois sempre que tenho um aluno com curriculo especial sinto esse trabalho com muito mais amor espero sempre vitórias... não para mim claro, mas...para a criança...
é preciso muito AMOR.

beijos
beijos

Flor disse...

Ola Ana,
Voltei para te dizer que ha tempos eu tambem fiz uma grande pesquisa sobre dislexia e o que descobri e que aqui em Inglaterra ha montes de programas para ajudar as criancas, especialmente programas para computador, e o resultado e bastante animador. Muitas destas criancas, que teem problemas com uma folha de papel, reagem muito melhor em frente de um teclado. Infelizmente e tudo em ingles.
Deixo-te o endereco para um site (isto e so um exemplo do que existe aqui).
http://www.inclusive.co.uk/infosite/dyslexsf.shtml
bjs
Flor

João Reis disse...

Olá Ana,
costumo ler sempre os teus post´s mas como sou de muito poucas palavras vou deixando para quem o sabe fazer. Mas o que queria dizer realmente é que eu admiro você como mulher, como mãe. Está sempre presente nos bons e maus momentos nunca baixando os braços. Parabéns por isso, Você é mulher e mãe com "M" bem grande.
Boa semana

MENSAGENS AO VENTO disse...

eusoudez10
________________________________


O importante é que o Gonçalo vai se desenvolvendo a cada dia! Não existem termos de comparação... Cada um é cada um!

Felicidades para vocês, Aninha... Deus os abençoe sempre!!!

susana disse...

Todos os filhos dão preocupações, nem precisam de ser casos especiais. Mas imagino quando assim são, o esforço deve ser a dobrar!
Fico contente com os progressos do teu filho e dele ter uma mãe tão atenta!
beijinhos

netuno artes disse...

O aprendizado tem sua própria velocidade em cada indivíduo, assim todos aprendem, mas na sua velocidade.
Parabéns pelo filho.
bjs netunianos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Tenho andado um bocado ausente, porque os dias teimam em não ter mais de 24 horas, mas é sempre com um prazer renovado que aqui venho e saio reconfortado pela sua força.
um grande beijinho, Ana

Vladir Duarte disse...

Torço sempre por ele!

netuno artes disse...

Minha querida amiga,venha visitar quantas vezes quizer, e espero que tu e tua família esteja sempre feliz e com fé no futuro, sempre com pensamentos bons.
Mande notícias sempre.
Também ando muito atarefado, consegui um trabalho temporário, não sei se irá " vingar " e dar frutos ( dinheiro ), rsrsrsrsrs, mas esta uma correria muito grande a jornada é de 10 a 12 hores seguidas, lembrei do teu companheiro com a mesma carga horária . . . " doem as pernas !!! não é , rsrsrsrsrs,
bjs netunianos