quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Sinto Falta


Sinto tanto a falta...
do que ainda não senti
falta do que ainda não vi
da pele que não toquei
do cheiro que não conheço
do beijo que não me deste
do teu peito contra o meu
dos suspiros que não dei
das palavras não sussurradas
do prazer que não senti
enfim...sinto falta de ti!
"
Ana Casanova

17 comentários:

Vivian disse...

...tão bom quando podemos sentir falta...

sinal de que estamos com os sentidos aflorados, e quando
todas estas coisas acontecem,
dá-se o céu em nossas mãos...

bjs, linda poetisa!

muahhhhh

Quase Trinta disse...

Nossa........ a nostalgia se instalu ao ler esse texto maravilhoso...
Li uma frase um dia assim "tenho saudades do que não nos coube"
Acho q resume bem.

bjs

tossan disse...

Dizer o amor sem pieguice, é o que vc faz de melhor, tão suave que flui. Quando descobrirem essses lábios... bj

Só Eu disse...

É uma sensação estranhissima essa de sentir a falta do que ainda não se teve.
Eu compreendo porque também já me senti assim.
Não desesperes.
Beijinho

Adriano Caroso disse...

Lindo! Como sempre profundo. Vc vai dentro do sentimento e o traduz em palavras. Parabéns!

Cadinho RoCo disse...

Interessante sentirmos a falta do que não vivemos.
A sua conterrânea que assina o blog Se Eu Fosse Puta Você Me Leria? deixou comentário hoje(2/10) no Meu NOsso Blog, com informação do que é para vocês portugueses, o que para nós brasileiros é granola.
Cadinho RoCo

o que me vier à real gana disse...

Mais um belo texto, todo ele eivado de sentir!; mais um blog k vale a pena!

Anónimo disse...

Às vezes tenho essa sensação também!
Bjs
http://kathasaritsagara.blogspot.com

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Ana Humana, o seu poema é lindo!
Querida:
Por motivos de foro íntimo, não sei quando poderei voltar a publicar, por isso postei hj, mas todo dia ligarei o computador para ver se vocês têm vindo prestigiar-me.
Um beijo,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

Nadezhda disse...

E essa falta às vezes no mata! (Mas pode ser também uma falta 'boa', se é que isso pode ser possível).

;)

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!

Obrigada pela querida visita!

Espero que voltes sempre!

Já te linkei:p

beijossssssssss

O Profeta disse...

Uma tela para pintar a paixão...


Doce beijo

João da Silva disse...

Ana, querida, depois de um tempo afastado, estou voltando. Chego aqui e dou de cara com este texto maravilhoso, que nos enche de anseios, pela sensibilidade, pela força, pela intensidade... vamos dizer que também senti falta! Rsss....
Beijos, carinhosos, muitos, do João!

Tentativas Poemáticas disse...

Ela(e) estão quase sempre aí! As poetisas e os poetas que cantam as árvores, os passarinhos, as ondas que rebentam nas praias, as brisas, as estrelas, o luar...
Este poema "Sinto falta" é único. Tentei responder-lhe com outro mas, confesso, não consegui.
Parabéns.
Saudações poéticas e bjs - como diz vivian -, linda poetisa!
António

Carmim disse...

Confesso que já acreditei mais na possibilidade de se sentir falta do que não se conhece.
Hoje em dia, tal como São Tomé que precisava ver para crer, eu preciso tocar para acreditar e sentir.

Um beijo querida Ana.

O ANTAGONISTA disse...

muito lindo, o texto, é claro. A falta, a saudade, essa é tão triste e dolorosa que chega a ser poética.

Abraços,

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,